Não tá fácil!
8 de março de 2021
Dia da Família
13 de maio de 2021

Neste mês comemoramos o Dia das Mães! Mesmo sabendo de todo o apelo comercial que existe por trás desta data, aproveitamos para refletir a respeito do significado dela.

Para nossa saúde emocional, é essencial que tenhamos alguém que execute o papel de cuidar, oferecendo amor e carinho tanto físico como emocional. É o chamado “papel materno”. A mãe tem tarefa de ajudar a criança a se sentir amada e cuidada, inserindo-a na sociedade. Porém este processo não é automático nem inato. É uma caminhada árdua que requer sacrifícios, abnegações, escolhas e muito investimento. Infelizmente nem todas conseguem ser as “mães suficientemente boas” que precisariam ser.

Como terapeutas de família, não podemos relevar o fato de que as mães também já foram filhas um dia e que também tiveram seus traumas, suas expectativas não realizadas e desejos não supridos. Afinal suas mães foram filhas de suas avós…Isso dá um bom genograma a ser estudado.
Independente do perfil de mãe que tivemos, precisamos honrá-las com gratidão, afinal elas foram o que conseguiram ser, com esforço e limitações.

Quando nos tornamos mães, fica um pouco mais fácil compreendermos as nossas, pois nos identificamos com suas lutas. Aprendemos que o processo não é simples e passamos a respeitá-las mais do que criticá-las.

Não sei se um dia conseguiremos ser realmente e intencionalmente gratos pela mãe que tivemos. Mas se tentarmos, perceberemos o quanto valerá a pena pois a gratidão fortalece laços, vínculos, cura feridas e estabelece uma nova história.
Feliz Dia das Mães!

KARLA F. SUENSON SALES
Psicóloga. CRP 08/07775
Co-coordenadora de Cursos Livres

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar

Perdeu sua senha?

Carrinho

Seu carrinho está vazio.